Gerês | Portela do Homem

Quem já tem vindo a frequentar este cantinho, já sabe que gosto da floresta. No último fim-de-semana de fevereiro, fugindo à folia do carnaval, fui até a um local encantador na Serra do Gerês, ao qual já não ia há algum tempo.

No verão é muito concorrido devido às suas lagoas de águas cristalinas, no inverno nem por isso. Estou a falar na Cascata da Portela do Homem, que se situa na estrada N308-1, cerca de 1 km antes de chegar à fronteira com Espanha.

CONTINUAR A LER

Como comer bem e barato em qualquer lado?

Quando viajamos, seja para fora ou por cá, uma das questões que se coloca é: Onde comer? Sim, eu sei que não faltam restaurantes por aí e que há quem se desenrasque com umas sandes (eu!) mas, muitas vezes, se entrarmos “em qualquer lado” sem qualquer referência, poderá dar-se o facto de termos dissabores tanto na hora de comer como na hora de pagar.

Então como fazer para comer bem e barato em qualquer lado?

CONTINUAR A LER

Renovar a mente a caminhar nas Escarpas da Mizarela

No mês passado, quando escrevi sobre o Bullet Journal, falei-vos pela primeira vez no projeto ACMA, criado pela Ju do blog Cor Sem Fim. A experiência foi muito positiva e, por isso, decidi entrar no desafio novamente em fevereiro.

Este mês falamos de sentimentos. É um tema vasto, não? Afinal, tudo na nossa vida gira em torno dos nossos sentimentos, se não fossem os nossos medos e paixões não faríamos qualquer sentido.

CONTINUAR A LER

Bullet Journal

Olá! Este mês participo pela primeira vez num projeto chamado ACMA que conheci no blog Cor Sem Fim. ACMA quer dizer “A Cultura Mora Aqui” e é uma rubrica partilhada por vários bloggers em que cada um aborda um assunto relacionado com um tema principal que muda a cada mês. 

O tema de janeiro é (Re)começo. Para explorar esta temática escolhi falar-vos sobre o Bullet Journal, um dos meus “começos” do ano. Vou explicar-vos o que é e como fiz o meu.

CONTINUAR A LER

25 locais para visitar em Florença

Florença

Florença é, sem dúvida, uma das mais belas cidades que conheço. Capital da Toscana, pequena e acolhedora, de telhados baixos e ambiente pitoresco, é um local onde a arte se vê e se sente em cada recanto, a todo o momento.

As suas cores, do bege ao alaranjado, ficam gravadas na nossa memória para sempre. Tudo aqui é artisticamente grandioso.

Nesta cidade não faltam locais para visitar. Dos palácios às pequenas capelas, sugiro 25 locais para visitar em Florença.

CONTINUAR A LER

Berlim em 5 dias

Se tivesse que escolher um local para visitar novamente, Berlim estaria certamente na lista. Não tanto pela sua beleza (não é Paris!) mas sim pelos acontecimentos que a marcaram.

Antiguidade e modernidade cruzam esta cidade. Brutalmente atingida e praticamente destruída na sua totalidade durante a Segunda Guerra Mundial, Berlim ainda recupera, ainda refloresce, e os vestígios históricos das guerras por que passou encontram-se a cada esquina.

Para os amantes de arte e das temáticas bélicas como são o caso da Segunda Grande Guerra e da Guerra Fria esta é, sem dúvida, uma cidade imperdível.

Queres saber o que não podes perder na capital alemã? Vê este artigo!

CONTINUAR A LER